Livros | Amigos ouvintes

Amigos ouvintes O livro é dividido em sete capítulos - Além de Amor e Sexo, Política Nacional, Política Internacional, Cinema, Dia a Dia, Personagem e Violência. Apresenta temas que o autor debate em seu programa e que geraram esse volume. Faz uma comparação entre Obama e reflete sobre uma série de assassinatos. Em ’Dia a Dia’, o autor fala sobre vários assuntos, como o das células-tronco embrionárias. E lança uma pergunta ao leitor para tentar definir a importância de algumas personalidades, entre elas, Oscar Niemeyer, Antônio Carlos Jobim, Glauber Rocha e a mulher-objeto Marilyn Monroe. Os comentários de Jabor no capítulo ’Cinema’ têm a ver com certa nostalgia que sente acerca de filmes de um passado recente.

PERFIS OFICIAIS
NAS REDES SOCIAIS

Siga o Arnaldo Jabor nas redes sociais e acompanhe os seus artigos, vídeos e novidades.

Livros

O Malabarista - Livro de Arnaldo Jabor
O Malabarista
O malabarista é dividido em duas partes. A primeira, “Infância”, mais poética, traz textos sobre o pai, a mãe, o avô, a iniciação sexual, o pecado, a classe média nos anos 50 e 60, as primeiras lembranças, a vida no subúrbio. A segunda, “E depois...”, marca
A invasão das salsichas gigantes - Livro de Arnaldo Jabor
A invasão das salsichas gigantes
Cineasta e jornalista, Jabor e suas crônicas têm o poder de despertar, inquietar, polemizar. Este livro reúne os melhores textos publicados por Arnaldo Jabor em jornais de todo o Brasil, nos últimos quatro anos. Violência, política, sexo, economia, futebol, música, poesia, informática; o america

Filmes

O Circo - Filme de Arnaldo Jabor
O Circo
O documentário acompanha um grupo de saltimbancos e sua caravana pelos subúrbios do Rio de Janeiro, mostrando a vida lírica desses artistas em sua profissão milenar. Aborda ainda a situação dos circos no Brasil, com depoimentos de atores e atrizes - alguns hospedados no Retiro dos Artistas (RJ).
Toda nudez será castigada - Filme de Arnaldo Jabor
Toda nudez será castigada
Toda Nudez Será Castigada é um filme brasileiro lançado em dezembro de 1972, dirigido por Arnaldo Jabor, e produzido pela Produções Cinematográficas Roberto Farias, baseado na peça de teatro homônima de Nelson Rodrigues. O filme teve um público de 1.737.151 espectadores, sendo o quarto
DESENVOLVIDO POR CRIAMIX MKT|DZN