Palestras

Palestras de Arnaldo Jabor Carioca, começou a carreira em 1962, no Jornal O Metropolitano. Ao longo das décadas de 60, 70 e 80 dedicou-se ao cinema. Entre seus filmes mais famosos estão: Toda nudez será castigada e Eu sei que vou te amar (1984).

Estreou como colunista de O Globo no final de 1995 e mais tarde levou para a TV Globo, no Jornal Nacional, Bom dia Brasil e Jornal da Globo, o estilo inconfundível com que comenta os fatos da atualidade.

Capaz de escrever com fluência em estilos variados, o palestrante Arnaldo Jabor mostra-se extremamente habilidoso ao aliar citações eruditas a uma visão crítica da realidade brasileira.

Principais temas de palestras abordados por Arnaldo Jabor:
• Conjuntura Nacional
• Conjuntura Internacional
• Macroeconomia
• Tendências na Economia
• A Nova Economia
• Conjuntura Nacional: Cenário Político e Econômico do País
• Quem é o Brasil? Presente e Futuro.

Arnaldo Jabor é conhecido por abordar os mais variados temas (cinema, artes, sexualidade, política nacional e internacional, economia, amor, filosofia, preconceito). Suas intervenções “apimentadas” na televisão e em suas colunas lhe renderam admiradores e muitos críticos e o consagraram como um dos melhores palestrantes da atualidade.

Entre em Contato

PERFIS OFICIAIS
NAS REDES SOCIAIS

Siga o Arnaldo Jabor nas redes sociais e acompanhe os seus artigos, vídeos e novidades.

Livros

Amor é prosa, sexo é poesia - Livro de Arnaldo Jabor
Amor é prosa, sexo é poesia
Os textos de Arnaldo Jabor têm o poder de despertar, inquietar, polemizar. Ácidos, líricos, deliciosamente vorazes, estão sempre sintonizados com os assuntos que mexem com a vida dos brasileiros e brasileiras. ’Amor é prosa, sexo é poesia’ reúne suas melhores crônicas sobre nossas o
O Malabarista - Livro de Arnaldo Jabor
O Malabarista
O malabarista é dividido em duas partes. A primeira, “Infância”, mais poética, traz textos sobre o pai, a mãe, o avô, a iniciação sexual, o pecado, a classe média nos anos 50 e 60, as primeiras lembranças, a vida no subúrbio. A segunda, “E depois...”, marca

Filmes

Eu sei que vou te amar - Filme de Arnaldo Jabor
Eu sei que vou te amar
Conta a história de um casal recém-separado após seis anos de casamento, que marca um reencontro depois de três meses sem se ver. O cenário é o novo apartamento dele. A ansiedade e o estranhamento inicial manifestados em gestos contidos e frases pensadas, vão aos poucos dando lugar a um turbilh&atild
Eu te amo - Filme de Arnaldo Jabor
Eu te amo
O filme relata a história um casal formado por um Industrial recém separado e falido durante o milagre dos anos 70 e uma mulher traumatizada por um relacionamento unilateral, que desejam desesperadamente se amar mas têm um medo brutal deste encontro. É um filme repleto do sumo do bom gosto da arte brasileira. Come&cce
DESENVOLVIDO POR CRIAMIX MKT|DZN